O início da Citologia no mundo foi marcado na década de 30. Nos anos 40, a especialidade chegou ao Brasil, trazida por ginecologistas e contestada pela maior parte dos patologistas. Em 1956, por iniciativa da Dra. Clarice do Amaral Ferreira, que divulgou a utilização da Citologia em todos os recantos do Brasil, fundou-se a Sociedade Brasileira de Citologia. Tendo sido pioneira na América do Sul e uma das primeiras do mundo, sua criação foi anterior à The Internacional Academy of Cytology, Sociedade Argentina de Citologia e Sociedade Latino-Americana de Citologia.

Como atividade científica, de âmbito nacional, a SBC promoveu, em agosto de 1958, o I Simpósio Brasileiro de Citologia. Dois anos depois, em outubro de 1960, sob a presidência da Dra. Clarice do Amaral Ferreira, a Sociedade realizou o II Simpósio Brasileiro de Citologia, com a participação de convidados estrangeiros.

Em 1961 chegou, em Brasília, o primeiro Patologista, que deu início também à Citopatologia: Dr. Hélcio Luiz Miziara. Nesta época surgiu a Escola de Citotecnologia. Em agosto de 1962, a Dra. Clarice finalizou seu mandato com a realização do I Congresso Brasileiro de Citologia.

A Sociedade Brasileira de Citologia expandiu-se em número e qualificação, com participação efetiva de seus membros em eventos científicos, grupos de pesquisa, elaboração de teses e trabalhos científicos. Ganhou prestígio internacional e teve como sua representante a Dra. Clarice do Amaral Ferreira, sócia-fundadora da The International Academy of Cytology, tendo a honra de ocupar a sua presidência, como também compor a comissão fundadora da Sociedade Latino-Americana de Citologia. A SBC sediou e presidiu o III Congresso Internacional de Citologia, no Rio de Janeiro em 1968.

Na década de 70, a Sociedade foi reconhecida pela Associação Médica Brasileira como Especialidade Médica e em 08 de setembro de 1971, foram conferidos os primeiros títulos de especialistas, sendo a denominação de Sociedade Brasileira de Citopatologia introduzida a partir de 1982.

Nos anos 80, com Dra. Ilsa Prudente na presidência da SBC, já agora sendo Citopatologia, realizou-se a I Jornada Brasileira de Citopatologia, sob a presidência da Dra. Nacyr e com o forte apoio de todos, em especial do Dr. Régis Sales de Azevedo. Nesta jornada o Dr. José Maria Barcelos, foi eleito presidente da SBC.

Em 2002 foi publicada a Resolução 1634/2002 que classificou a Citopatologia como Área de Atuação da Patologia. Segundo a Dra. Lêda Barcellos, a situação atual dos citotécnicos no Brasil é delicada tendo em vista que a profissão ainda não é regulamentada, não possuindo definição de carga horária, nem plano de carreira. Entretanto, a especialidade possui o Título de Suficiência em Citopatologia, realizado anualmente pela SBC através de provas teóricas, práticas e de projeção de diapositivos.

A Sociedade Brasileira de Citopatologia, hoje com 1207 associados médicos, sendo 591 titulados pela SBC/AMB, tendo abrangência em 21 Estados da União (Capítulos), traduz o engrandecimento da Citopatologia no Brasil. Isso se dá, principalmente, pelo nível científico e atuação dos seus membros em eventos nacionais e internacionais, confirmando o que um dia foi dito por Dra. Clarice do Amaral Ferreira: “Dentro de algum tempo, quero crer, irão os Estados criar seus Capítulos filiados à principal. E a Sociedade tornar-se-á forte, porque fortes serão seus elementos e elevado seu objetivo”.



Associação Médica Brasileira The Internacional Academy of Cytology Sociedad Latino Americana de Citopatologia
Vaga para Citotécnico em SP
O Grupo Fleury , São Paulo, oferece oportunidade de trabalho, uma vaga para atuar com Citologia.
Vaga para Citotécnico em BH
O Instituto Mário Pena, em Belo Horizonte, oferece oportunidade de trabalho, em seu Laboratório de Anatomia Patológica, na função de Citotécnico.

Intranet






Home | A SBC | Diretoria | Estatuto | História | Associe-se | Citonet | Artigos Científicos | Legislação | Título de Especialista |
Notícias | Informe SBC | Eventos | Links | Fale Conosco

SBC - Rua Siqueira Campos, 43, sala 736, Copacabana, CEP:22031-901 - Rio de Janeiro/RJ, Telefone (21) 2255-7502